Tapioca, indispensável em sua alimentação diária

Atualizado: Abr 29

Ela já conquistou muita gente! Estamos falando da tapioca, um alimento popular aqui no Brasil e que tem feito cada vez mais parte da alimentação dos brasileiros.



Mas, será que a tapioca engorda? E quais são seus benefícios? A nutricionista Carolina Arbache respondeu essas e outras dúvidas! Confira:


Para incluir a tapioca em uma dieta equilibrada e saudável, a dica é escolher bem os recheios.

Além disso, como a tapioca é rica em carboidratos e pobre em fibras, seu índice glicêmico é alto e isso faz com que o carboidrato da tapioca seja absorvido rapidamente, aumentando o pico de glicemia no sangue. Para evitar isso, uma dica é incluir chia ou linhaça triturada (pode ser na massa ou no recheio) e colocar um fio de óleo de coco para prepará-la.


E tem mais...

Do que é feita a tapioca?

A tapioca é feita da goma de mandioca (ou aipim ou macaxeira) hidratada. Há quem coloque uma pitada de sal na massa, e só! Não vai um pingo de óleo ou gordura na massa e nem no preparo, assim como nenhum outro ingrediente. Além disso, algumas marcas de tapioca podem ser saborizadas e, nesses casos, costumam levar um pouco de sal.


Quais são os benefícios da tapioca?

Por ser feita apenas de mandioca, a tapioca é um alimento natural com baixo teor de sódio, sem gordura, rico em carboidratos de fácil digestão e sem glúten. Lembrando que o glúten é uma proteína que pode gerar inflamação no organismo, favorecendo o acúmulo de gordura, prejudicando o intestino e causando inchaço. Além de tudo isso, vale lembrar que outro super benefício da tapioca é o seu delicioso sabor, e a possibilidade de prepara-la com diferentes recheios! Assim, a tapioca pode ser incluída na alimentação em diferentes horários do dia.


Tapioca engorda?

Depende de alguns fatores, como: a quantidade que comer, o que utilizar como recheio e em que momento comer (uma tapioca de brigadeiro de sobremesa, por exemplo, com certeza irá engordar). Brincadeiras à parte, a tapioca é, sim, uma ótima opção de carboidrato, podendo fazer parte de uma alimentação saudável. Apesar de ser um carboidrato simples (que vira gordura rapidamente), tem o índice glicêmico menor do que o pão branco e não tem gordura ou glúten. Para quem quer controlar o peso e não vai utilizá-la como pré-treino, uma dica é incluir na tapioca (no recheio ou na massa) ingredientes ricos em fibras, como chia ou linhaça triturada. Assim, é possível reduzir o índice glicêmico da preparação, o que evita o aumento de peso e ainda aumenta seu valor nutricional.


Quantas calorias tem uma tapioca (sem recheio)?

Uma tapioca feita com 2 colheres de sopa de massa possui cerca de 70 calorias.


Qual o melhor horário para consumir tapioca?

Por ser versátil, a tapioca pode ser incluída em qualquer refeição do dia, como no café da manhã em substituição aos pães ou até nos lanches intermediários entre as refeições principais.

Em dias mais corridos, a tapioca pode ser um lanche rápido para o jantar, sempre acompanhada de recheios saudáveis e, se possível, com uma salada e fruta de sobremesa, assim se tornará uma refeição completa.

Para quem treina, confira o melhor momento para consumir a tapioca:

  • No pré-treino: a tapioca é um ótimo pré-treino, já que é fonte de carboidrato simples (de rápida absorção) e de fácil digestão, ou seja, fornece bastante energia antes do treino, mas não ajuda efetivamente no ganho de massa.

  • No pós-treino: a crepioca é uma boa opção para o pós-treino.

Na receita da crepioca mistura-se duas colheres de tapioca com um ovo (caso prefira pode utilizar só a clara). Também pode ser consumida da forma tradicional, com algum recheio saudável. Como a tapioca tem alto índice glicêmico, auxilia na absorção de outras proteínas, como as encontradas nos suplementos esportivos, tipo whey protein.


Recheios saudáveis para a tapioca

Para incluir a tapioca em uma dieta equilibrada e saudável, a dica é escolher bem os recheios. Além disso, como a tapioca é rica em carboidratos e pobre em fibras, seu índice glicêmico é alto e isso faz com que o carboidrato da tapioca seja absorvido rapidamente, aumentando o pico de glicemia no sangue. Para evitar isso, uma dica é incluir chia ou linhaça triturada (pode ser na massa ou no recheio) e colocar um fio de óleo de coco para prepará-la.


Veja combinações de recheios saudáveis:

  • Frango desfiado, ricota e salsinha;

  • Espinafre e tomate-cereja;

  • Atum e cenoura ralada;

  • Milho, berinjela e tomate;

  • Banana e pasta de amendoim;

  • Ovo mexido;

  • Creme de alfarroba com morango.

A Tapioca Da Terrinha é uma iguaria típica brasileira feita puramente de mandioca. É uma farinha 100% natural sem glúten e não contém sódio, sem açúcar, sem gordura e sem conservantes, de modo que não prejudica seu corpo.

Pronto para comer: Tapioca Da Terrinha tornou-se muito popular nos últimos anos e vem conquistando paladares de diversos cantos do mundo, pois além de sem glúten, substituto de pão/wrap/tortilla é versátil podendo ser acompanhada com recheio doce ou salgado, adequado para veganos e vegetarianos. Pronto para fazer crepe-como panquecas, com coberturas diferentes para o café da manhã, jantar ou sobremesa. 

Tapioca Da Terrinha, a nova tendência mundial. 


Agora que você se informou mais sobre o tema acima, acesse nossa Linha de Produtos.

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo